Apresentações


11º Encontro de Corais da Cidade de Goiás – Darcília Amorim

O Coral do Tribunal de Contas do Estado de Goiás participou, nesta quinta-feira, 8, do 11º Encontro de Corais da Cidade de Goiás – Darcília Amorim. A apresentação ocorreu na Igreja Nossa Senhora do Rosário, na Cidade de Goiás. O grupo interpretou cinco canções: Uma Bênção Antiga, de Denes Agay; Touradas em Madri, de Alberto Ribeiro e João de Barro; A Dois Passos do Paraíso, de Evandro Mesquita e Ricardo Barreto; Trem das Onze, de Adoniran Barbosa; e um pout-pourri com músicas dos anos 80. O evento conta com o apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Goiás (Iphan-GO) e contempla, além de apresentações musicais, oficinas de capacitação com caráter exclusivamente cultural e sem fins lucrativos. O objetivo é promover a cultura por meio da integração entre os vários grupos de corais da cidade e de outros estados.  


Passeio musical pelos anos 60

Para a realização do Show “Um passeio musical pelos anos 60”, pensou-se em fazer uma pesquisa de repertório sobre músicas brasileiras, americanas e inglesas que fizeram sucesso naquela década e deixaram saudades. A ideia foi inspirada em um trabalho anteriormente desenvolvido por sua maestrina, Joana Christina Brito de Azevedo, no ano de 2003. Na ocasião foi montado um show que se intitulava “Anos rebeldes: a bossa nova, a jovem guarda e os festivais”, por se acreditar na riqueza musical que se explodiu nos anos 60 e ainda a descoberta de grandes talentos nacionais. Esse trabalho fez parte da sua dissertação de Mestrado na UFG, intitulada Coro Cênico: estudo de um processo criador, e para esse fim foi utilizado como laboratório o Coro Cênico da UFG. Na defesa dessa dissertação provou-se que o elemento cênico ajuda a melhorar a produção vocal e musical dos cantores, auxiliando também a memorização das músicas. […]


II Encontro Nacional de Corais

Nas comemorações de aniversário do Tribunal de Contas do Estado ocorreu o II Encontro Nacional de Corais dos Tribunais de Contas, no Teatro Asklepiós, da Faculdade de Medicina da UFG, com a participação dos nove corais: TCE-SE, TCM-SP, TC-DF, TCE-SC, TCE-PB, TCE-MT, TCE-MS, TCE-TO, TCM-CE e TCE-GO. A parte mais emocionante foi a apresentação da Banda Inclusiva Luar, composta por internos da Vila São Cottolengo, que demonstraram toda a sua capacidade musical, apesar das dificuldades motoras e sensitivas de cada um. O presidente Edson Ferrari afirmou que fez questão de apresentar a banda para os corais como demonstração de que não importa o quanto se é diferente; o importante é cada um dar o melhor de si nas suas atividades. Presente na abertura, o presidente da Federação Nacional das Entidades de Servidores dos Tribunais de Contas (Fenastc), Marcelo Henrique Pereira, afirmou que eventos que elevam a cultura e o esporte, […]